domingo, 29 de maio de 2011

O nascimento de um novo tempo – Porque eu devo aceitar??



Será de alguma forma Deus uma alternativa para o fim do sofrimento humano? Em Deus foi cunhado a necessidade de uma resposta para todo o tipo de evento que venha a trazer sofrimento ou felicidade a humanidade, a morte, a fome, as doenças, as catástrofes ambientais, a família, a cura. Eventos que facilmente poderiam ser respondidas por uma mente limpa baseada na razão que aceitaria tais eventos como causas de uma realidade viva e lúcida de origem casual, realidade essa passível ao mesmo tempo de uma nova forma para mudar ou superar tais situações propicias em um ambiente de casualidades sem a necessidade de qualquer tipo de fundamentalismo a nível de crenças religiosas. Nem todos aceitam a realidade como sendo um processo mutável de casualidades causas e consequências, existe dois tipos de aceitações, aceitação por omissão e por imposição de estado de realidade, na aceitação por omissão o adepto busca uma alternativa para superar a sua realidade vivida, se ocultando em uma realidade mais omissa ainda, como omissão podemos citar as pessoas que recorrem a grupos religiosos após a perda de algum ente, nessa situação o adepto omite a necessidade de um médico para ajudar em seu trauma que pode até ser uma depressão visto que depressão é doença, ou até mesmo um adepto recorrendo a grupos religiosos para acalmar suas sensações de perseguição ou até silenciar as vozes da sua cabeça, nessa situação o adepto estará se omitindo a procurar um médico pois ele apresenta os sintomas de esquizofrenia, a imposição de estado de realidade procura adeptos que não conseguem formular uma maneira de superar seu estado de realidade(ou mesmo de vida), algo como o meio ambiente que o adepto vive é exposto a ele como um mundo cruel e impuro que faz o adepto sofrer e ser torturado. Tendo como única alternativa a aceitação através de um amor incondicional e cego sem questionamento para uma terra promissora aonde a fartura e a felicidade são constantes, essa realidade cega baseada em uma utopia irracional é colocada para todos como a única alternativa para salvação, salvação essa que do ponto de vista de seus idealizadores tem um sentido amplo que engloba todos os tipos de aflições da humanidade e todos os outros seres, negando qualquer explicação racional possíveis as mesmas utopias sugerindo ao adepto que o mesmo precisa somente acreditar como tudo fazendo parte de um plano divino. Porque multidões estão aceitando as religiões como o seu único conforto? As mesmas pessoas que aceitam as religiões ou qualquer crença que seja, simplesmente não buscam construir uma sociedade melhor como resposta de uma vontade comum Humanista, os grupos que tentam de certa forma tornar o sua fé como um modelo global de conduta moral estão expondo com violência a necessidade de preservação da sua fé.
Todas as congregações religiosas tem o mesmo intuito, aumentar seu rebanho e propagar seus rituais. Em um ato irracional tentam arrebanhar mais e mais, de certa forma os adeptos peregrinos inconscientemente expõe suas crenças como sendo únicas para confortar os seus ouvintes, a utopia da salvação se exibe em um show de insanidades cheia de historinhas que nenhum dos pregadores vivenciou, nesse ato insano eles somente repetem o que ouviram e que eles simplesmente aceitaram,ninguém irá dizer na realidade “_Deus em seu amor deu duas alternativas ou você se torna membro da nossa congregação ou não entrará no reino dos céus” mas é o que está sendo colocado, o bom de tudo é “_Deus poderia lhe obrigar mas lhe deu livre-arbítrio”.
Porque eu devo aceitar?

Um comentário:

  1. Também não concordo com esta mentalidade religiosa (conforme coloquei no post passado). A verdade é que seja ateu ou religioso, ninguém faz muito para ajudar esse mundo. Tanto religião como ciência tem idéias boas e ruins e ambos estão em processo de evolução. Esses dias eu li numa revista que teve um cientista famoso que disse que a ciência tinha chegado no seu auge e que nada mais haveria para ser descoberto. Daí surge Einstein e outros e mudam a história. Tu diz "Porque eu devo aceitar?" Não aceite. Mas lembre-se que a nossa razão tem um limite, assim como teve a do cientista que citei. O ser humano não é tão poderoso assim para se dizer o dono da verdade.

    ResponderExcluir